Vasco estaria em busca de dois laterais, zagueiro, volante e meio-campista

25/05/2019 às 10h47 - FUTEBOL

O fim da temporada europeia e a proximidade da parada da Copa América aos poucos começam a aquecer o mercado do futebol brasileiro. Em meio a trocas, negociações e sondagens, os principais clubes do país já se movimentam em busca de reforços que devem pintar nas partidas do Campeonato Brasileiro durante o segundo semestre. 

Nesta semana, por exemplo, o Corinthians oficializou a chegada do atacante Everaldo, ex-Fluminense, o Santos acertou com Marinho e São Paulo e Fluminense acertaram a troca de Brenner por Calazans. As próximas semanas devem ser mais agitadas, com a possibilidade de mais contratações serem concretizadas, algumas delas internacionais. 

Veja abaixo com quem cada clube negocia 

Corinthians 

A chegada de Everaldo aumenta as opções do técnico Fabio Carille para melhorar o desempenho ofensivo, mas não encerra as pretensões do Corinthians no mercado da bola. 

No momento, o clube tem o zagueiro Gil como alvo de interesse e está confiante em um desfecho positivo. O jogador tenta a liberação do Shandong Luneng, da China, antes do fim do contrato. Se conseguir, o Corinthians se vê em boa posição com a oferta do teto do clube em salários: R$ 550 mil. 

Mais reforços dependerão de circunstâncias especiais, já que o clube pretende contratar atletas apenas sem custo de direitos. Assim, a prioridade será manter os principais nomes do elenco durante a abertura da janela de transferências da Europa. 

Palmeiras 

Apontado por muitos como elenco mais forte do Brasil, o Palmeiras entende como posição mais carente desde o ano passado um atacante de velocidade que atue pelos lados do campo. Carlos Eduardo e Felipe Pires não se firmaram nesta função, e a diretoria alviverde está atenta a oportunidades para suprir essa carência. 

No momento, não existe nenhuma negociação em curso. Um nome sempre lembrado é o de Keno, que deixou boas lembranças em sua passagem pelo clube e tem monitorada a situação no Pyramids, do Egito. Mas uma possível negociação é considerada complicada diante do alto valor com que o atacante foi vendido em 2018: R$ 37 milhões. 

São Paulo 

São duas as principais carências apontadas por Cuca para a montagem do elenco do segundo semestre: um lateral e um atacante. E o São Paulo já tem dois jogadores na alça de mira para preencher essas lacunas. Vale lembrar que nesta semana o clube acertou a chegada do meia-atacante Calazans. 

Na lateral, o experiente Adriano, ex-jogador do Barcelona que atualmente defende o Besiktas, é a prioridade. Conta a seu favor o fato de ele poder atuar pelos dois lados, mas o São Paulo deve contar com forte concorrência de outros clubes brasileiros que também estão de olho no veterano. 

Já para a posição de centroavante a insistência é por Juan Dinenno, argentino que está emprestado ao Deportivo Cali, da Colômbia, pelo Racing. O São Paulo, porém, esbarra em barreiras burocráticas e pode ter de desembolsar até US$ 3 milhões para ter o atacante de 1,88 m, que tem 15 gols em 25 jogos disputados neste ano. 

Santos 

O Santos já tem encaminhada a contratação de Marinho, que inclusive já se despediu do Grêmio em mensagem, mas ainda busca um centroavante. O colombiano Uribe é a prioridade, mas diante da dificuldade na negociação com o Flamengo o clube mudou a estratégia e agora busca um acerto por empréstimo. 

A chegada de um camisa 9 é prioridade máxima e outros nomes serão buscados em caso de fracasso por Uribe. O Santos ainda pensa em um lateral direito para compor elenco, mas não tem nenhum negócio adiantado. 

Flamengo 

São três os nomes que o Flamengo trata como prioridades para o segundo semestre: o zagueiro Jemerson e os laterais Rafinha e Filipe Luis. 

Rafinha já está apalavrado com o Flamengo para fechar dois anos de contrato, mas não será anunciado tão rapidamente. O Bayern de Munique ainda tem a final da Copa da Alemanha e dois amistosos a disputar na vigência de seu contrato com os alemães, que se encerra no dia 30 de junho. 

Já o zagueiro Jemerson tem as bases acertadas com o Flamengo. Porém, o clube negocia a liberação junto ao Monaco, com quem tem contrato até 30 de junho de 2020. 

A situação mais difícil é a que envolve o lateral esquerdo Filipe Luis. O interesse é antigo, mas o Flamengo ainda tem como primeira missão convencer o jogador a voltar ao Brasil. Em final de contrato com o Atlético de Madri, o lateral de 33 anos é alvo de interesse de outros clubes europeus. 

Fluminense 

Com uma eleição presidencial marcada para o dia 8 de junho, o Fluminense no momento está em compasso de espera. A chegada de Brenner, ex-São Paulo, em troca por Calazans e a ascensão de João Pedro fizeram com que o técnico Fernando Diniz ganhasse soluções para a carência aberta com a ida de Everaldo para o Corinthians. 

Vasco 

O Vasco tem cinco posições carentes avaliadas pelo técnico Vanderlei Luxemburgo e busca dois laterais, um zagueiro, um volante e um meio-campista. No momento, porém, a diretoria não confirma nenhuma negociação em andamento. 


Botafogo 

Já com oito reforços contratados para a temporada e com recurso financeiro limitado, o Botafogo está atento a oportunidades pontuais e reposições do elenco. Neste sentido, o clube alvinegro tem encaminhada a chegada do atacante Victor Rangel, que estava no CRB e deve chegar nos próximos dias para suprir a saída de Kieza. 

Grêmio 

Após acertar a contratação de David Braz, o Grêmio ainda estuda a chegada de mais um zagueiro. No entanto, não tem pressa para firmar qualquer acordo. Se for efetivada a saída de Everton, a direção irá buscar reposição para os lados do ataque e não descarta a chegada de outro volante. 

Internacional 

O Internacional busca ajustes no elenco para o segundo semestre e está atento também para reposições a possíveis perdas. Recentemente, o clube sondou o lateral esquerdo Sidcley, do Dínamo de Kiev, mas esbarrou na intenção dos ucranianos de apenas vender o jogador. O Colorado queria empréstimo. No momento, os gaúchos ainda negociam com Marcos Guilherme, do Al-Wehda, e com Adryelson, do Sport. 

A diretoria do Inter ainda sonda o mercado atrás de laterais esquerdos, prevendo a venda de Iago, que deve se concretizar nessa janela. Um meia-atacante e zagueiros também podem chegar dependendo de oportunidades que possam surgir. 

Atlético-MG 

O Atlético-MG tem como grande sonho para o segundo semestre voltar a contar com Roger Guedes, que atualmente está no Shandong Luneng. A negociação está em andamento, mas o valor desembolsado pelos chineses para adquiri-lo em julho do ano passado - 9,5 milhões de euros (R$ 42,38 mi na cotação atual) - e a preferência do Porto em uma iminente saída da China são obstáculos. O clube ainda procura um zagueiro, um lateral, um volante e um meia-atacante. 

Cruzeiro 

O Cruzeiro, no momento, não tem nenhuma negociação em curso. Recentemente, o elenco perdeu Rafinha, mas Mano optou pela promoção do meia Maurício. A tendência é de que o clube não invista no mercado para o segundo semestre, embora esteja atento para possíveis reposições em caso de saídas. 

Fonte: UOL