Futebol

Vasco já assinou contrato com a Record de transmissão do Carioca

0

A Globo tentou uma última cartada pelos direitos de transmissão do Campeonato Carioca. Aproveitando-se da demora do Flamengo para assinar contrato com a Record, a emissora aumentou a proposta para R$ 50 milhões por todas as mídias. Os clubes, porém, rejeitaram.

A coluna apurou que Fluminense, Vasco, Botafogo e os times pequenos já assinaram contrato com a Record, que pagará 11 milhões de reais pelos direitos de TV aberta da edição de 2021. O Flamengo demora porque a assinatura de qualquer contrato precisa ser aprovado pelo conselho deliberativo do clube, o que deve acontecer nesta semana.

Os times rejeitaram a proposta da Globo por TV aberta, TV paga e pay-per-view por estarem convencidos de que irão faturar mais e ter maior liberdade com o modelo de negócio que será colocado em prática. Além da Record, haverá um sistema próprio de pay-per-view, que já está fechado com as duas maiores operadoras do país, Claro/Net e Sky, que possuem quase 80% do mercado.

Durante a negociação, a Globo aumentou a proposta duas vezes. A primeira foi de R$ 40 milhões. A segunda, publicada pelo colunista Rodrigo Mattos, foi de R$ 45 milhões. Ambas foram negadas.

A assinatura de contratos com vários clubes deixa a Record tranquila. O anúncio do acerto com o Carioca já está pronto para ser divulgado.

Por contrato, a Record aumentará a cota paga de 11 para 15 milhões de reais no segundo e último ano de contrato, que vai até 2022. O valor será dividido entre todos, com os clubes grandes ganhando mais. O dinheiro é pago diretamente aos times, que cuidarão da divisão. No PPV, os clubes ficam com 53% de tudo que for arrecadado com vendas, quantia que será dividida de acordo com o tamanho das torcidas.

O Campeonato Carioca começa no início de março, dez dias depois do fim do Campeonato Brasileiro. Procurada pela coluna, a Globo não se manifestou sobre o tema até o fechamento deste texto.

Fonte: Coluna de Gabriel Vaquer - UOL