Futebol

Vasco na História: veja curiosidades do confronto entre Vasco x Bangu

0

Um jogo de 175 minutos.

Confusões em campo são comuns no futebol, e no Campeonato estadual de 1977, Bangu x Vasco se enfrentaram no Estádio Proletário em 14 de agosto de 1977.

O primeiro jogo acabou não valendo, devido a uma confusão generalizada. Aos 35 minutos da segunda etapa, Ramon faz um carnaval na área e leva uma trombada. Todos os jogadores do Vasco reclamam e o juiz Aloísio Felisberto da Silva expulsa Ramon e não marca o pênalti. Eraldo, jogador do Bangu agride Zé Mário e acabou sendo expulso também. Aos 40 minutos, numa falta perigosa contra o Bangu, Orlando cobra pelo alto e Paulinho faz o gol de cabeça. O bandeira assinala impedimento e as reclamações gerais. O pênalti não marcado e o gol anulado é o gatilho para o tumulto. O goleiro reserva do Vasco Jair Bragança também foi expulso. A torcida joga cadeiras no campo e o jogo não recomeça. Mazarópi começa a reclamar da iluminação e o juiz pede garantias para sair em segurança. Jogo Suspenso.

A segunda partida viria acontecer em 21 de setembro de 1977. Era uma quarta-feira chuvosa em Guilherme da Silveira. Dessa vez não deu jeito, deu Vasco 2 x 0, com dois gols de Roberto Dinamite no segundo tempo de jogo.

O primeiro gol saiu aos oito minutos. Após cruzamento de Orlando, Roberto correu na frente dos zagueiros para marcar de cabeça. O segundo gol, aos 31 minutos, saiu após cobrança de escanteio de Orlando e cabeçada certeira de Roberto.

Algumas curiosidades:

– Apenas a segunda partida valeu para o recorde de 1.761 minutos sem levar gols de Mazarópi;

– Destaque nos dois jogos, Orlando Pereira, conhecido como Orlando Lelé fazia parte da chamada barreira do inferno com Mazarópi, o próprio Orlando, Abel Braga, Geraldo e Marco Antônio;

– O time do Bangu tinha Jair Pereira, transferido do Vasco naquele ano. Em 1994, Jair Pereira foi o técnico que comandou o Tricampeonato Estadual do Vasco;

– O histórico de confrontos aponta 225 jogos, com 140 vitórias do Vasco, 43 empates e 42 derrotas;

– Pelo Campeonato Estadual foram 185 Jogos, com 119 vitórias do Vasco, 33 empates e 33 derrotas;

– A primeira partida aconteceu em 15/06/1919 e o placar final foi Vasco 1 x 4 Bangu, num amistoso disputado no campo da Campos Sales. A primeira partida pelo Campeonato Estadual foi disputada no campo das Laranjeiras, em  03/06/1923, e terminou com placar favorável ao Cruzmaltino: Vasco 3×2 Bangu.

FICHA TÉCNICA

Bangu 0 x 2 Vasco

Local: Estádio Guilherme da Silveira, em Bangu

Juiz: Rubens de Sousa Carvalho;

Renda: Cr$ 297 240,00;

Público pagante: 8 908;

Gols: Roberto 8 e 31 do 2º T;

Cartão amarelo: Luís Augusto

Vasco: Mazarópi, Orlando, Abel, Geraldo, Marco Antônio (Luís Augusto), Zé Mário, Zanata (Paulo Roberto), Dirceu, Guina, Roberto e Paulinho. Técnico: Orlando Fantoni

Bangu: Luís Alberto, Ademir, Serjão, Sérgio Cosme, Belisário, Ernesto, Hamilton, Jorge Nunes (Luisão), Cláudio, Jair Pereira e Eraldo. Técnico: Luis Alberto Severino

Fonte: Site Oficial do Vasco
Loading...
  • Quarta-feira, 07/04/2021 às 21h30
    Vasco Vasco 2
    Tombense Tombense 1
    Copa do Brasil Almeidão
  • Quinta-feira, 15/04/2021 às 19h00
    Vasco Vasco
    Flamengo Flamengo
    Taça Guanabara Maracanã
  • Domingo, 18/04/2021 às 18h30
    Vasco Vasco
    Boavista Boavista
    Taça Guanabara Estádio Elcyr Rezende de Mendonça
  • 24/04 (sáb) ou 25/04 (dom)
    Vasco Vasco
    Resende Resende
    Taça Guanabara A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Operário Operário
    Campeonato Brasileiro - Série B A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Ponte Preta Ponte Preta
    Campeonato Brasileiro - Série B A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Brasil de Pelotas Brasil de Pelotas
    Campeonato Brasileiro - Série B A definir