Vasco quita parte dos salários de jogadores e funcionários

19/06/2020 às 13h52 - FUTEBOL

O Vasco continuou o processo de regularização do atraso salarial. Nesta sexta-feira, a direção quitou três meses a funcionários do clube e o mês de fevereiro do grupo de jogadores.

A quitação feita incluiu férias, que igualmente estavam em débito. A origem do dinheiro foi da venda de Marrony ao Atlético-MG.

No que diz respeito a funcionários, o pagamento feito corresponde a janeiro, fevereiro e março - o clube, até esta sexta, havia feito depósitos de diferentes valores de acordo com a faixa salarial. O mês de abril foi de férias coletivas.

A situação dos atletas é um pouco diferente. Até esta sexta, o clube tinha pago janeiro. Agora, regularizou fevereiro. Há atrasos ainda nos direitos de imagem.

A situação salarial do Vasco

Jogadores: março, abril e maio estão em atraso. Além disso, parte deles convive com a falta de pagamento dos direitos de imagem desde a metade do ano passado.

Funcionários: abril e maio estão em atraso.

Fonte: GloboEsporte.com