Vasco tem conversas por patrocínio do banco BMG

27/01/2019 às 07h47 - CLUBE

Boa fonte com livre circulação nos bastidores do Corinthians me informa que o Vasco está mesmo na mira dos executivos do banco BMG.

E que é pensamento estratégico dar sequência a conversas já abertas com o presidente do Vasco, Alexandre Campello.

A história teria sido vazada por gente da própria instituição financeira em conversas sobre ações do banco, em reunião no clube paulista, dias atrás.

Os primeiros contatos foram facilitados pela proximidade do executivo Alexandre Faria com o banqueiro Ricardo Guimarães, ex-presidente do Galo.

Hoje o ex-cartola é o principal dirigente do BMG, banco fundado por seu avô, um dos pioneiros no crédito consignado.

Guimarães fez da marca uma das maiores investidoras do marketing esportivo.

E está lançando agora seu aplicativo de conta digital e cartão de crédito sem anuidade.

Com estratégia agressiva.

Neste mês, fechou contratos com dois grandes clubes do país: assinou com o Corinthians, em São Paulo; e com o próprio Galo, em Minas.

Os acordos prevêem o patrocínio da cota master do uniforme e ganhos na porcentagens sobre lucros do aplicativo "Meu BMG", customizado para cada torcida.

O banco disponibiliza produtos e serviços exclusivos e o clube fatura de acordo com a adesão da torcida em poupança, investimentos, empréstimos, cartões.

Justamente por isso Alexandre Campello vem dando ênfase na campanha "Associa Vasco".

Porque se o banco fechar mesmo com o clube o contrato de patrocínio/parceria, a participação dos sócios-torcedores certamente possibilitará ganhos maiores.

Fonte: Coluna Futebol, Coisa & Tal - Jornal Extra