Vasco terá ataque reserva em Fortaleza

29/05/2006 às 15h30 - FUTEBOL

Com o departamento médico do Vasco lotado, o técnico Renato Gaúcho terá que recorrer a um ataque reserva para a partida desta quarta-feira, contra o Fortaleza, no Estádio Castelão. Valdiram, que ainda não se recuperou de uma lesão na coxa direita, continua de fora.

Já Edílson machucou o tornozelo durante o jogo com o São Paulo, no último domingo, e também não viajará com a delegação. Sem seus dois principais jogadores ofensivos, o treinador deverá optar por Faioli e Valdir Papel no setor. O meia Ernane também poderá ser escalado improvisado no setor.

Para piorar a situação de Renato Gaúcho, o meia Morais reclama de dores no joelho direito e também não enfrenta o Fortaleza. Com isso, Renato Gaúcho deve promover o retorno de Ramon, que estava suspenso, mantendo Abedi na equipe.

Além dos problemas médicos a mais que ganhou contra o São Paulo, o Vasco também completou cinco partidas sem vitórias. Mesmo assim, o técnico Renato Gaúcho evitou lamentar o empate com o time paulista.

\"Foi um bom jogo, com as duas equipes buscando o gol desde o início. Acho que o primeiro tempo foi do São Paulo e o segundo, do Vasco. Por isso, acabou sendo um resultado justo\", explicou o treinador nos vestiários.

Para ele, o jejum de cinco partidas não é algo temeroso. \"Isso não me preocupa, por que o time vem jogando bem. O problema era se não estivesse jogando nada\", comentou.

Titular da lateral direita, Wagner Diniz adotou um discurso diferente do treinador e considerou injusto o empate com o São Paulo. \"Criamos as melhores oportunidades, mas infelizmente não conseguimos transformá-las em gol. Jogando em São Januário temos sempre que buscar as vitórias, mas não conseguimos isso contra o São Paulo\", afirmou.

O elenco do Vasco se reapresentou na tarde desta segunda-feira em São Januário. A ordem é esquecer os tropeços recentes e pensar somente nas duas partidas que restam ao Vasco, antes da paralisação durante a Copa do Mundo.

\"Acho que poderíamos ter vencido o São Paulo, mas o jogo já ficou para trás. Agora o negócio é pensar em buscar uma vitória contra o Fortaleza para melhorar nossa posição na tabela\", disse o meia Abedi.

Fonte: Gazeta Esportiva.net