Vasco vence nos pênaltis por 6x5 e está na final da OPG

18/11/2009 às 21h46 - CATEGORIAS DE BASE

Na tarde desta quarta-feira (18/11), os vascaínos dos Juniores empataram no tempo normal com a equipe do Bonsucesso, em São Januário, por 2x2. Os gols vascaínos foram marcados por Lipe e Carlinhos.

Como a primeira partida realizada na casa do adversário terminou empatada em 1x1, o confronto foi para as penalidades máximas, onde o Vasco levou a melhor e venceu por 6x5, avançando assim para a grande decisão do Torneio OPG.

O jogo

A partida foi dramática até o último apito. Aos 10 minutos, aconteceu uma grande jogada vascaína. Eder cruzou para Dico na cara do gol, mas o meia não conseguiu chegar a tempo. Em resposta, o Bonsucesso chegou ao ataque, mas o goleiro Cestaro estava lá para fazer a defesa. Aos 15, o Gigante da Colina tomou o primeiro gol. Bonsucesso: 1x0.

Os cruzmaltinos não se intimidaram com o gol sofrido e incendiaram o duelo da semifinal. Aos 18, quase o empate. O atacante Lipe dominou dentro da área e o goleiro adversário fez uma defesa milagrosa. Aos 24, Ari carregou a bola, mas a zaga conseguiu afastar.

No segundo tempo, o técnico Gaúcho mexeu bem em sua equipe, dando maior movimentação na partida com as entradas de Maicon e Jonathan.

Na primeira jogada do meia Jonathan, ele passou por dois jogadores do Bonsucesso, conseguiu cruzar para o gol, mas o goleiro fez a defesa.

Apesar da pressão do time de São Januário, os visitantes conseguiram ampliar aos 22 minutos. Bonsucesso: 2x0 Vasco.

Os Gigantes da Colina não aceitaram estar perdendo dentro de casa e correram atrás do prejuízo. Aos 33, Lipe dentro da área cabeceia para o fundo das redes. Vasco: 1x2.

Aos 36, mais um cruzmaltino saiu do banco para ser importante na partida. Carlinhos cobrou falta rasteira e empatou o confronto: Vasco 2x2.

Aos 40, o volante Renato Augusto recebeu o segundo amarelo e foi expulso. O Bonsucesso aproveitou o fato de ter um homem a mais e foi para cima. Porém, o goleiro Cestaro estava inspirado na partida.

Aos 44, tudo igual novamente. O atacante Eder puxou um contra-ataque e o Bonsucesso também ficou com dez jogadores dentro das quatro linhas. Com o empate, a partida foi para as penalidades máximas.

O técnico Gaúcho escolheu Lipe, Carlinhos, Jonathan, Eder e Ari para as primeiras cobranças. Só Jonathan e Ari balançaram as redes. Mas apesar das três chances desperdiçadas, o Vasco tinha uma parede chamada Cestaro, que defendeu duas e uma foi para fora. Tudo igual: 2x2.

Nas cobranças alternadas, Maicon Silva, Cestaro, Maicon, Willian e Fábio bateram. Maicon perdeu sua chance, mas a estrela de Cestaro continuava brilhando. O goleirão marcou com os pés e defendeu mais uma cobrança.

Os pênaltis terminaram em 6x5 para o Vasco. Depois de oito anos o Gigante da Colina volta a disputar uma final do Torneio OPG.

Fonte: Site oficial do Vasco