Veja quanto o Vasco faturou com bilheteria no Brasileirão

11/07/2019 às 17h17 - CLUBE

Pagar para jogar virou rotina no Campeonato Brasileiro. Tanto que 27 das 89 partidas já realizadas tiveram custos superiores às receitas com bilheteria. Ou seja, em todos esses casos, o clube mandante precisou tirar dinheiro da própria conta para bancar o prejuízo.

Mas o pior vem agora: 13 dos 20 integrantes da Série A estão na fatídica lista daqueles que já pagaram para jogar ao menos uma vez. São eles: Athletico Paranaense, Atlético-MG, Botafogo, Ceará, Chapecoense, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Grêmio, Santos, São Paulo e Vasco.

O caso mais grave é do Ceará, que prejuízo em quatro de seus cinco jogos. Athletico Paranaense e Fluminense aparecem em seguida, com três partidas deficitárias, cada. Atlético-MG, Botafogo, Cruzeiro e Vasco ficaram no vermelho duas vezes, enquanto Chapecoense, Flamengo, Fortaleza, Grêmio, Santos e São Paulo tomaram prejuízo uma vez.

Acredite: depois de nove rodadas do Brasileirão, ainda há clubes que estão no negativo quando o assunto é bilheteria. A somatória de todas as rendas líquidas do Flu, por exemplo, equivale a R$ 100 mil de déficit. Já o Cruzeiro tem R$ 95 mil no vermelho. Ambos fizeram quatro jogos como mandantes.

Todos os demais estão no azul, mas, em vários casos, com arrecadações bem pequenas (ver lista abaixo). As exceções são Palmeiras, São Paulo, Internacional e Corinthians, que já colocaram em caixa mais de R$ 3 milhões, cada.

FATURAMENTO COM BILHETERIA:

1º Palmeiras: R$ 5,4 milhões (5 jogos)

2º São Paulo: R$ 3,7 milhões (4 jogos)

3º Inter: R$ 3,2 milhões (5 jogos)

4º Corinthians: R$ 3 milhões (3 jogos)

5º CSA: R$ 2,1 milhões (5 jogos)

6º Grêmio: R$ 1,6 milhão (4 jogos)

7º Flamengo: R$ 1,1 milhão (4 jogos)

8º Goiás: R$ 861 mil (5 jogos)

9º Bahia: R$ 707 mil (4 jogos)

10º Santos: R$ 539 mil (5 jogos)

11º Avaí: R$ 532 mil (4 jogos)

12º Vasco: R$ 456 mil (5 jogos)

13º Chapecoense: R$ 384 mil (5 jogos)

14º Fortaleza: R$ 374 mil (4 jogos)

15º Botafogo: R$ 225 mil (5 jogos)

16º Atlético-MG: R$ 216 mil (5 jogos)

17º Ceará: R$ 214 mil (5 jogos)

18º Athletico Paranaense: R$ 126 mil (4 jogos)

19º Cruzeiro: R$ -95 mil (4 jogos)

20º Fluminense: R$ -100 mil (4 jogos)

QUEM JÁ TEVE PREJUÍZO NO BR:

Ceará: 4 jogos

Athletico Paranaense: 3

Fluminense: 3

Atlético-MG: 2

Botafogo: 2

Cruzeiro: 2

Vasco: 2

Chapecoense: 1

Flamengo: 1

Fortaleza: 1

Grêmio: 1

Santos: 1

São Paulo: 1

Fonte: Coluna Jorge Nicola - Yahoo