Vigilância Sanitária fará vistoria em CTs de clubes do Rio de Janeiro

22/06/2020 às 13h38 - FUTEBOL

A Vigilância Sanitária da Prefeitura do Rio de Janeiro fará a partir desta terça-feira uma fiscalização nos locais de treinamento dos sete clubes do município que participam do Campeonato Carioca: Botafogo, Flamengo, Fluminense, Vasco, Madureira, Bangu e Portuguesa. A medida foi anunciada em uma coletiva na manhã desta segunda-feira pela subsecretaria de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde, Márcia Rolim.

Ela reforçou que as vistorias ocorrerão, pelo menos em um primeiro momento, no sentido de verificar o cumprimento do protocolo sanitário do município e tirar eventuais dúvidas das equipes médicas e de operação dos clubes. Haverá fiscalização por especialistas em áreas distintas como saúde, alimentação e engenharia sanitária.

- São sete CTs no município onde temos equipes de diversos seguimentos: saúde, alimentos, engenharia sanitária e ambientes coletivos. Essas equipes estarão fiscalizando dentro da sua especialidade e verificando se o protocolo municipal está sendo cumprido. Então é importante informar os clubes, a própria Ferj, para terem o conhecimento dessa legislação, dessa norma. Então faremos numa forma de orientação. Muitas vezes até a parte de fisioterapia ou médica tem várias dúvidas, a respeito de como lidar com resíduos, o tratamento de água e ar, então nossas equipes vão estar presentes para verificar o cumprimento e tirar as dúvidas - disse Rolim.

Como ficam fora da cidade, Resende, Volta Redonda, Boavista, Cabofriense e Macaé não farão parte da vistoria. Mas os órgãos locais de vigilância sanitária serão notificados para que tomem conhecimento das normas na capital e orientem os clubes a cumprir o protocolo.

- Vamos encaminhar agora ofício para todas as vigilâncias locais onde estão esses clubes avisando das normas locais do município do Rio de Janeiro, para eles terem conhecimento e solicitar o cumprimento dessas normas por esses estabelecimentos.

Está prevista para esta segunda também uma reunião entre a Vigilância Sanitária municipal e a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj). Porém, até às 13h, as assessorias da entidade e do órgão não confirmavam o encontro que, conforme divulgado no domingo pela Prefeitura, servirá para "compatibilizar protocolos".

Fonte: GloboEsporte.com