VP de Obras confirma inauguração do CT nesta semana

07/09/2020 às 18h40 - CLUBE

O Vasco está bem próximo de realizar o sonho de ter mais um patrimônio. Com as obras nos últimos retoques, o centro de treinamento em Jacarepaguá, na Zona Oeste (RJ), será inaugurado nesta sexta-feira (11). A informação inicial foi publicada pelo perfil "Expresso 1898" e confirmada pelo UOL Esporte junto ao vice-presidente de Obras e Engenharia, Pedro Seixas.

O gramado já foi implementado e está em processo de enraizar. Já a estrutura que comportará vestiário, academia, sala administrada e tudo relacionamento ao departamento de futebol estão nos detalhes finais. A sala de imprensa e a secretaria, por exemplo, já foram concluídas.

O "CT do Almirante", como foi batizado pela diretoria, está ficando de pé graças a um projeto de crowdfunding (vaquinha online) e arrecadou mais de R$ 5,8 milhões juntos aos torcedores e patrocinadores.

No sábado, dia seguinte à inauguração, o clube irá promover um evento com sócios e torcedores que pagaram entre R$ 900 a R$ 1.400 para poderem jogar no local. Os preços mais altos incluem a participação de ídolos vascaínos nas partidas.

Vizinho ao CT do Flu

O centro de treinamento do Vasco será bem próximo ao do Fluminense, praticamente vizinho. Em muitos momentos, a região sofreu com a guerra do tráfico, fato que interferiu em alguns treinamentos do Tricolor.

Durante as obras do CT cruz-maltino, em maio, operários precisaram se lançar ao chão para se proteger de um intenso tiroteio entre policiais e traficantes.

Nome do CT gerou polêmica

Também no mês passado, o Vasco definiu o nome do centro de treinamento. Será "CT do Almirante", como já era chamado o local onde o Cruz-Maltino treinava de maneira alugada em Vargem Pequena (zona oeste do Rio). A decisão gerou polêmica entre os torcedores, já que uma grande parte se mobilizou nas redes sociais para batizar o local de Moacyr Barbosa, ex-goleiro do clube e da seleção brasileira na Copa de 1950.

CT para a base também caminha

Enquanto o CT para os profissionais está nos últimos detalhes, o Vasco caminha também com as obras do centro de treinamento para a base, chamado de CT de Caxias, na Baixada Fluminense (RJ), e que está sendo beneficiado com parte dos recursos arrecadados na vaquinha online. A ideia inicial é ter quatro campos, mas já há um projeto em curso para mais dois ou três.

O local também contará com estrutura de vestiário, academia e demais dependências do departamento de futebol de base.

Atualmente, o clube gasta cerca de R$ 100 mil por mês com locomoção e aluguel do CT do Artsul para abrigar as categorias inferiores.

"É mais um grande salto para o clube. Eu diria que o CT de Caxias é ainda mais importante [que o do profissional] porque é uma área que o Vasco fez uma permuta há mais de 20 anos por um terreno na rua Uruguaiana, onde foi feita uma estação do metrô. Ao longo destes anos, o Vasco foi perdendo parte desse terreno. Tínhamos apenas um campo e não tínhamos nem luz elétrica nessa área. Estamos chegando aqui para trazer luz elétrica, tratamento sanitário, fazendo uma infraestrutura com vestiários, departamento médico, centro administrativo, murando o terreno..."

"Fizemos um trabalho de aterro. Esse aqui será um lugar um muito especial para o Vasco não só pelo patrimônio, mas também por sua localização, da entrega que vai ser feita para a base. Fundamental a base ter um CT em boas condições. E a localização facilita muito a captação de novos talentos", destacou Alexandre Campello à Vasco TV.
 

Fonte: UOL