Werley não cumprimentou goleiro rival antes do pênalti

01/04/2019 às 08h13 - FUTEBOL

Um detalhe interessante do lance que decidiu a Taça Rio a favor do Flamengo contra o Vasco pode ter passado despercebido por conta da tensão do clássico. Antes da cobrança de Werley, a última cruz-maltina, o goleiro rubro-negro César foi até o adversário e estendeu a mão para cumprimentá-lo. O gesto, no entanto, não foi retribuído.

Werley ignorou César e sequer olhou para o goleiro, que voltou para a meta e viu o zagueiro mandar por cima do gol a última chance do Vasco seguir vivo na disputa de pênaltis.

Em entrevista na saída do Maracanã, César falou sobre o ocorrido.

- Na verdade, eu ia apertar a mão dele. Sempre faço isso. Nada demais. É um cumprimento normal. Mas enfim. Ele não quis me cumprimentar, e a gente ganhou - resumiu o goleiro.

Foto: Carlos Gregório Jr / VascoWerley não espera facilidade diante do América
Werley não espera facilidade diante do América

Fonte: GloboEsporte.com