Werley se reergue no Vasco após 2019 em baixa

10/02/2020 às 08h17 - FUTEBOL

Werley foi o destaque do Vasco ontem (9), e não é para menos: o zagueiro anotou os dois primeiros gols com a camisa cruzmaltina na vitória sobre a Portuguesa-RJ, pela última rodada da Taça Guanabara. A atuação de artilheiro, mesmo em meio ao luto pelo primo Pablo Henrique, morto no incêndio do Ninho do Urubu, CT do Flamengo, reergue o defensor no time de Abel Braga.

Depois da perda familiar, o camisa 3 teve um 2019 ruim. Perdeu a condição de titular para Oswaldo Henríquez e foi um dos jogadores mais criticados pela torcida. A reviravolta de um ano "muito pesado", como contou o zagueiro ao UOL Esporte, vem justamente no fim de semana de homenagens às vítimas da tragédia no Ninho — a fatalidade, que deixou dez jovens mortos e outros três feridos, completou um ano no último sábado (8).

Estou me sentindo bem este ano. Ano passado infelizmente machuquei muito, foi um ano muito pesado psicologicamente, pessoalmente [por conta da morte do primo]. Agora fiz uma pré-temporada boa."

Na saída para o intervalo da partida de ontem, Werley fez questão de lembrar Pablo Henrique e dedicar os gols a ele. "Dedico para a minha família, ontem [sábado] fez um ano da perda do primo. Foi um dia muito difícil para todos nós, acho que é um momento de alegria para todos", afirmou.

Vale ressaltar que, depois da vitória vascaína na Sul-Americana, o zagueiro havia lamentado o fato de o inquérito ainda não ter tido conclusão, além de dizer que Pablo Henrique era praticamente um filho.

Zagueiro tinha situação delicada no time

Se 2020 começa de forma positiva para Werley, a situação era bem diferente e delicada em 2019. O zagueiro, sem espaço até então, ganhou oportunidade no time titular por falta de opções para a comissão técnica.

Henríquez, por exemplo, não chegou a um acordo de renovação com o Vasco. Pesou também para que o zagueiro fosse acionado por Abel Braga o fato de os outros zagueiros pela direita, Ulisses e Miranda, serem jovens.

O setor, por sinal, é um dos que necessita de reforço, no entendimento da diretoria. Dedé surgiu como principal nome, mas a negociação deu uma esfriada nos últimos dias.

O Vasco agora concentra as atenções para dois confrontos decisivos. Primeiro, na próxima quarta-feira (12), visita o Altos-PI pela primeira fase da Copa do Brasil. Na semana seguinte, vai até a Bolívia para enfrentar o Oriente Petrolero.

Fonte: UOL Esporte