Winck se despede do Vasco: "Muito grato por tudo que vivi e aprendi"

12/09/2020 às 17h35 - FUTEBOL

O lateral-direito Cláudio Winck se despediu do Vasco. Neste sábado, o jogador de 26 anos embarcou rumo a Portugal, onde assinará contrato de três temporadas com o Marítimo. O contrato dele com o time de São Januário venceria em dezembro.

Pouco antes de embarcar, Winck fez questão de agradecer ao Vasco, clube que começou a defender em 2019 - foi campeão da Taça Guanabara daquela temporada. Agora, Ramon Menezes tem à disposição para a posição no elenco profissional Yago Pikachu e Cayo Tenório.

- Estou muito feliz com este novo desafio na minha carreira. É minha segunda experiência na Europa, me sinto ainda mais pronto e confiante. Sou muito grato ao Vasco por tudo que vivi e aprendi no clube, agradeço à torcida e a todos os profissionais que estiveram comigo ao longo desse período - afirmou Winck.

No Vasco desde 2019, Winck chegou para disputar posição com Pikachu, teve chances com Alberto Valentim, mas nunca foi levado em conta por Vanderlei Luxemburgo. Em 2020, imaginava que teria oportunidades com Abel Braga, que o comandou no Internacional, mas acabou sendo informado pela diretoria que não fazia parte dos planos do clube. Assim, passou a treinar à parte.

Em março, Winck chegou a um acordo com a diretoria vascaína sobre atrasos salariais e voltou a fazer parte do elenco. No pós-pandemia, participou de quatro jogos. No estadual, saiu do banco para enfrentar Macaé e Madureira. No Brasileiro, foi titular contra Ceará e Grêmio.

Fonte: ge