Zé Ricardo vislumbra dias melhores com reforços caseiros

30/05/2018 às 08h43 - FUTEBOL

O número de desfalques do Vasco para enfrentar o Paraná, nesta quarta, às 19h30, em São Januário, não cabe nas mãos do preocupado torcedor. Com 13 baixas confirmadas, entre machucados, suspensos, afastados e convocados, caso de Martín Silva, a serviço do Uruguai, Zé Ricardo vislumbra dias melhores com reforços como Ramon e Giovanni Augusto.

Em busca de equilíbrio na defesa e de força ofensiva na esquerda, o treinador tem Ramon como opção após sete meses. Recuperado de grave lesão no joelho direito, o lateral foi relacionado pela primeira vez domingo, desde a cirurgia. A longa inatividade e a falta de ritmo pesam contra o xodó, que tem a seu a favor a má fase dos concorrentes Fabrício e Henrique.

Do banco, o lateral-esquerdo assistiu à derrota de 3 a 0 para o Bahia. Giovanni Augusto, recuperado de lesão na coxa esquerda, teve a chance de entrar aos 14 minutos do segundo tempo. Após quase dois meses fora, o apoiador será titular contra o Paraná e espera dar a resposta que o torcedor tanto espera.

"Com todo mundo se ajudando, não sobrecarrega nenhum setor. Todo mundo precisa se abraçar e ralar mais a bunda no chão para conseguirmos nosso êxito", ressaltou o zagueiro Werley.

Há três rodadas sem vencer no Brasileiro, o Vasco, mais do que nunca, precisa mostrar superação para minimizar os problemas e afastar a nuvem de desconfiança sobre a Colina. Nem mesmo o lanterna Paraná é visto como presa fácil em São Januário.

"Às vezes, é um jogo ainda mais difícil. Temos desfalques, mas o grupo está preparado. Todo mundo trabalhando e esperando oportunidade. Quem estiver entrando tem de assumir responsabilidade. Se está aqui, é porque tem qualidade", acrescentou Werley.

Fonte: O Dia

Enquete

Você é favorável ao retorno de Antônio Lopes no cargo de dirigente?

Deixe seu comentario