Alex Dias e Vasco é um casamento que acabou, diz procurador

30/01/2006 às 22h08 - FUTEBOL

Horas após o presidente do Vasco, Eurico Miranda, afirmar que Alex Dias é jogador do Vasco e tem sua presença aguardada nesta quinta-feira, o procurador do atacante, João Rodrigues Cocá, tratou de botar um ponto final nas esperanças dos vascaínos de contarem com o atleta.

Em entrevista à GE.Net na noite desta segunda-feira, o empresário confirmou que São Januário não será mais a casa do atacante. \"Alex Dias e Vasco é um casamento que acabou. Não tem mais jeito dele ficar lá e o Alex pediu mesmo para ser negociado\", explicou Cocá.

O jogador fez a solicitação ao técnico Renato Gaúcho na manhã desta segunda-feira e comunicou a direção em seguida. \"O Alex conversou com o vice de futebol do Vasco, deram esta advertência de três dias e, neste período, o Vasco e eu vamos definir o futuro do Alex. Realmente ele não tem mais condição de permanecer\", justificou.

O fator decisivo para a opção do atacante foi a frustrada ação na Justiça do Trabalho há duas semanas, quando Alex Dias reinvidicava os direitos federativos por falta de pagamento de FGTS e salário. Porém, dois dias antes da medida judicial, o Vasco havia quitado as dívidas. \"Depois disso, a situação ficou ruim para o Alex. É uma história bonita que acabou\", sentenciou Cocá.

O empresário evitou mencionar nomes de possíveis interessados, mas disse que um time do Rio de Janeiro já procurou o Vasco para iniciar negociações. \"Tive ofertas de dois clubes de São Paulo, dois do Rio e um do Rio Grande do Sul. Um dos clubes do Rio, inclusive, já procurou o Vasco e acho que uma definição está próxima\", comentou.

Apesar da aproximação, Cocá não acredita que o destino de Alex Dias está no Rio de Janeiro. \"O Alex teve uma passagem bonita pelo Vasco e acho que não iguala isso em outro clube do estado. Eu não acredito que ele irá para um outro clube carioca, mas se o Vasco optar, vamos cumprir\", disse.

Segundo a reportagem apurou, o São Paulo já entrou em contato com Cocá e deve apresentar uma oferta oficial nesta terça-feira ao time de São Januário. Há duas semanas, o mesmo empresário afirmou à GE.Net que o clube tem a preferência do atacante, que já confessou várias vezes ter o Tricolor como time do coração.

Apesar da multa rescisória ser de R$ 10 milhões, o empresário está otimista com a possibilidade de negociar o atleta por um valor menor. \"O Alex foi procurado por clubes da Grécia e da Coréia do Sul e o Vasco disse que ia liberar se pagassem R$ 3,5 milhões. Por isso, acho que por este preço já haverá negócio. Espero definir até quarta esta situação\", revelou.

Enquanto isso, o atacante deve treinar à parte em um academia no Rio de Janeiro até quinta-feira, quando encerra a punição dada pelo Vasco. O atacante tem contrato até o final de 2007, renovado no final do ano passado com o time carioca.

Fonte: Gazeta Esportiva.net