Campello deve entregar informações para Junta Deliberativa nesta sexta (26)

26/06/2020 às 10h57 - FUTEBOL

O arrastado impasse sobre os dados dos sócios aptos a votarem nas eleições do Vasco deve terminar nesta sexta-feira. Em vídeo na Vasco TV, o presidente Alexandre Campello registrou o momento em que reuniu as informações em um pen drive para entregar para membros da Junta Deliberativa. A tendência é que as informações sejam entregues até o fim do dia.

Presidente dos poderes do Vasco exigem checar todos os dados antes da conclusão da lista final de quem poderá votar nas eleições, previstas para o fim do ano. A primeira lista entregue por Campello, no entanto, não continha algumas informações como CPF. Via Justiça, os presidentes Roberto Monteiro (Conselho Deliberativo) e Edmilson Valentim (Conselho Fiscal) conseguiram que Campello forneça todos os dados que eles julgam necessários para a análise.

- Atendi a um pedido do Mussa, presidente da Assembleia Geral, para que eu fornecesse os dados cadastrais dos sócios do Vasco. Mas omiti os dados de CPF. Porque com CPF qualquer pessoa consegue dados pessoais, como WhatsApp, e-mail, renda, profissão e até mesmo sua situação fiscal.

- Você, sócio do Vasco, que agora em diante receber ligações, receber SMS, WhatsApp, e-mails com pesquisas eleitorais ou mesmo pedidos de apoio, peço desculpas. Infelizmente, por decisão judicial, não terei mais como proteger seus dados sigilosos - disse o presidente do Vasco.

Em vídeo, Campello também reforçou que deixou uma sala de São Januário à disposição para que todos os documentos fossem analisados dentro do ambiente do clube.

Na última segunda, Campello não participou do encontro da Junta Deliberativa. O dirigente alegou compromissos na Ferj por conta da volta do Campeonato Carioca.

No entanto, por unanimidade, a Junta deliberou transgressão estatutária de Alexandre Campello por não entregar a listagem de sócios de acordo com o que foi solicitado pelos outros quatro presidente de poderes. Com isso, foi formada uma comissão de justiça para aplicar possíveis sanções, entre as quais estão suspensão ou até mesmo a expulsão do quadro de sócios do Vasco.

Fonte: GloboEsporte.com