Futebol

Em situação dramática no BR, Vasco aciona psicóloga do clube

2

A situação é dramática. O Vasco se encontra na zona do rebaixamento a três rodadas do fim do Campeonato Brasileiro. Convivendo com a pressão de lutar contra a quarta queda do clube na história, os jogadores têm recebido um apoio psicológico nesta reta final.

Há alguns anos, a psicóloga Maíra Ruas trabalha no Cruz-Maltino, mas, recentemente, o técnico Vanderlei Luxemburgo a puxou para ainda mais perto. Na viagem para o Ceará, por exemplo, onde o Vasco acabou sendo derrotado ontem (10) pelo Fortaleza por 3 a 0, a profissional acompanhou a delegação e deu suporte ao elenco.

"Temos uma psicóloga que trabalha a parte emocional dos jogadores. Ela faz bem, trouxemos ela para o jogo. Está aqui na viagem. Há um preparo para o jogo", disse Luxa, após a partida.

Capitão da equipe e um dos jogadores mais experientes do elenco, Leandro Castan já havia feito elogios ao trabalho de Maíra. "Admiro ela muito como profissional. É uma pessoa que me ajudou muito", disse o defensor em entrevista à Vasco TV, no mês passado.

Luxemburgo admitiu que a equipe tem sofrido abalo emocional quando fica atrás do marcador nas partidas.

"Sabemos que algumas coisas faltam para nós e estamos tentando superar as dificuldades. Nós não conseguimos virar jogo. O segredo nosso é evitar tomarmos gol. Começamos bem, colocamos uma bola na trave. E os caras [Fortaleza] foram lá e fizeram o gol. Então, quer dizer, aí saímos atrás. Aí vem o desequilíbrio emocional, vem as coisas de estar na zona complicada... E tudo isso aflora no momento do jogo e o rendimento técnico e tático vai para o espaço", disse Luxa, que acredita que o momento agora é o de digerir a dura derrota para o Fortaleza:

"Primeira coisa é aceitar e entender a derrota, porque nós não produzimos muito bem. Se nós tivermos essa capacidade de entender a derrota, de entender que fomos nós que não produzimos, que o adversário produziu muito mais do que nós, nós então começamos a nos preparar para o próximo jogo. Sofrer, doer, passar um remédio na ferida, cicatrizar a ferida e irmos para frente".

Psicóloga é discreta

Querida pelos jogadores, Maíra Ruas é discreta do ponto de vista externo e é avessa às entrevistas. A tendência é a de que ela seja ainda mais utilizada nesta reta final de Campeonato Brasileiro.

Com 37 pontos e na 17ª colocação, o Vasco ainda tem mais três partidas: Internacional, domingo (14), em São Januário, Corinthians (fora) e Goiás (casa).

O Fortaleza pulou para 41 pontos, assim como o Sport, que venceu ontem o líder Internacional. O Bahia tem os mesmos 37 pontos do Vasco, mas está na frente pelos critérios de desempate.

Fonte: UOL Esporte
  • Sábado, 06/03/2021 às 21h05
    Vasco Vasco 0
    Volta Redonda Volta Redonda 1
    Taça Guanabara Raulino de Oliveira
  • Sábado, 13/03/2021 às 18h00
    Vasco Vasco
    Nova Iguaçu Nova Iguaçu
    Taça Guanabara A definir
  • Quinta-feira, 18/03/2021 às 21h30
    Vasco Vasco
    Caldense Caldense
    Copa do Brasil Ronaldão
  • 20/03 (sáb) ou 21/03 (dom)
    Vasco Vasco
    Botafogo Botafogo
    Taça Guanabara Maracanã
  • 24/03 (qua) ou 25/03 (qui)
    Vasco Vasco
    Macaé Macaé
    Taça Guanabara São Januário
  • 27/03 (sáb) ou 28/03 (dom)
    Vasco Vasco
    Madureira Madureira
    Taça Guanabara São Januário
  • Terça-feira, 30/03/2021 às 21h35
    Vasco Vasco
    Fluminense Fluminense
    Taça Guanabara Maracanã