Fellipe Bastos chega com desconfiança e possível influência de agente

03/01/2019 às 07h23 - FUTEBOL

O Vasco fechou com um jogador que é um velho conhecido do torcedor. Trata-se do volante Fellipe Bastos, de 28 anos. O jogador foi emprestado ao Cruzmaltino pelo Corinthians até o final do ano. Após esse período, ele estará livre, já que o contrato com o clube paulista termina em dezembro. Fellipe Bastos não estava nos planos do técnico Fabio Carille, que retornou ao Corinthians para essa temporada. Em 2018, antes de se transferir para o Al-Wehda, da Arábia Saudita, o treinador também autorizou a saída do volante, que foi emprestado ao Sport. O detalhe é que na ocasião, Alexandre Faria, atual diretor de futebol do Vasco, ocupava a mesma função no clube pernambucano.

Fellipe Bastos já estará presente na reapresentação do elenco, que acontece nesta quinta-feira (3), no CT do Almirante, em Vargem Pequena. As bases salarias já estão acertadas. O Corinthians vai arcar com 70% dos vencimentos, cerca de R$ 140 mil. Vai restar para o Vasco algo em torno de R$ 60 mil. Para selar o negócio falta apenas a aprovação nos exames médicos.

Terceira passagem com a camisa vascaína

Com a assinatura do contrato, Fellipe Bastos dará início a sua terceira passagem pelo Vasco. O volante chegou ao clube em 2010, junto do atacante Eder Luís. Ambos foram emprestados pelo Benfica. Em 2012, o Cruzmaltino comprou os dois jogadores, em uma transação de 3 milhões de euros (na época, R$ 7,7 milhões). No entanto Fellipe Bastos acabou não rendendo e em 2013 foi para a Ponte Preta.

Retornou ao Vasco em 2014, mas novamente foi emprestado. Dessa vez para o Grêmio, que cedeu o atacante Kleber Gladiador. A boa passagem pelo Tricolor Gaúcho lhe rendeu uma transferência para o Al-Ain, dos Emirados Árabes. Ao todo Fellipe Bastos disputou 142 jogos e marcou 14 gols pelo Vasco. O jogador conquistou o título da Copa do Brasil em 2011.

Desconfiança da torcida e possível influência de empresário

O retorno de Fellipe Bastos ao Vasco gerou um certo incômodo nos torcedores vascaínos. Afinal de contas o volante não teve destaque nas últimas duas temporadas no futebol brasileiro. Em 2017 conquistou o Campeonato Paulista e o Campeonato Brasileiro pelo Corinthians. Entretanto, quase não entrou em campo. Atuou em 18 partidas durante todo o ano e em apenas 8 foi titular. Ano passado acabou sendo rebaixado com o Sport, sem ter tido grande destaque individual. Disputou 32 jogos, sendo 21 como titular, marcando apenas um gol.

A contratação do atleta pode ter tido a influência do empresário Carlos Leite. O agente cuida da carreira de Fellipe Bastos e possui uma boa relação com o Vasco e também com o Corinthians. Antes de 2017, o jogador era agenciado por Marcio Bittencourt, que é o empresário do zagueiro Luiz Gustavo.

Thalles indo embora

Se um velho conhecido está chegando, um cria da base está indo embora. O atacante Thalles será emprestado para a Ponte Preta até o final do ano. Com isso o jogador encerra a sua passagem pelo Vasco já que possui contrato com o clube pelo mesmo período. Thalles estava fora dos planos da comissão técnica.

O atacante de 23 anos chegou ao clube em 2007. Acumulou passagens importantes na Seleções de Base até estrear nos profissionais em 2013. Com apenas 18 anos, se destacou na reta final da temporada, marcando 3 gols e terminando o ano como titular. Entretanto não conseguiu manter as boas atuações. Apareceu mais em polêmicas com o peso e com episódios de indisciplina, do que dentro do campo.

Por conta disso acabou sendo emprestado em 2018 para o Albirex Niigata, do Japão, porém não obteve muito sucesso. Com a camisa vascaína Thalles disputou 154 jogos, marcou 42 gols e conquistou os cariocas de 2015/2016.

Foto: Raphael Zarko/Globoesporte.comFellipe Bastos
Fellipe Bastos

Você aprova a contratação do volante Fellipe Bastos?

Deixe seu comentario

Fonte: Esporte24Horas