Há 35 anos, Vasco enfrentava o Atlético de Cajazeiras no Sertão paraibano

05/05/2020 às 19h18 - CLUBE

O dia 5 de maio é uma data marcante no futebol paraibano. E, ainda mais, para os torcedores sertanejos. É que, há 35 anos, o Atlético de Cajazeiras recebia o Vasco da Gama, no Estádio Perpetão, para uma partida amistosa. O que já era um grande feito se tornou ainda maior com a presença de Roberto Dinamite, principal jogador do Vasco e um dos grandes nomes do futebol brasileiro àquela época. O placar foi expressivo a favor do Cruz-Maltino, que venceu o Trovão Azul por 5 a 1.
 

Dinamite, como era de se esperar, foi o maior destaque da partida amistosa, marcando três gols em favor dos cariocas. Os outros tentos foram marcados por Silvinho e Mauricinho. Castoti marcou o gol de honra do atleticanos quando o placar já apontava 4 a 0 para o Vasco.

Redeusman Lopes é cajazeirense, historiador e assistiu ao jogo. E relembra bem a preleção de Eduardo Antunes Coimbra, treinador vascaíno, antes dos 90 minutos.

- Não tem nem como falar. O nível do Vasco era muito alto. Eu tenho uma fala do treinador do Vasco. Ele dizia: "Olha, vamos jogar com um time amador. Eles vão jogar por 15, 20 minutos, e aí vocês vão tomar conta do jogo" - contou.

 

Apesar de alguns registros históricos apontarem o local dessa partida como sendo em Petrolina, em Pernambuco, o historiador garante que a partida foi realizada mesmo no Perpetão. Afinal, ele esteve lá. E recorda bem toda a movimentação no Sertão paraibano que estava ansioso para ver o time vascaíno em solo cajazeirense.

- O Vasco estava fazendo turnê pelo Sertão do Nordeste. O jogo movimentou imensamente a cidade. A nossa região tem um grande número de torcedores do Vasco. Os ingressos foram vendidos antecipadamente em várias cidades. Houve uma superlotação no Perpetão. A cidade viveu momentos de muita alegria - recordou o historiador.

FICHA TÉCNICA

Amistoso interestadual
ATLÉTICO DE CAJAZEIRAS 1 x 5 VASCO DA GAMA
Data: 05/05/1985
Local: Perpetão
Horário: 16h
Árbitro: Rui Edvan
Gols: Roberto Dinamite 8/1º, Silvinho 19/1º, Roberto Dinamite 37/1º, Mauricinho 39/1º, Castoti 25/2º e Roberto Dinamite 40/2º.
ATLÉTICO DE CAJAZEIRAS: Brasileirinho, França, Vanvan, Nilsinho, Jorge; Edinho (Coronel), Darlan, Beré, Castoti; Toinho (Marcelo Moraes) e Edílson. Técnico: Mozar.
VASCO DA GAMA: Acácio, Mílton Mendes, Donato, Nenê, Aírton, Gilberto, Cláudio Adão (Rômulo), Cláudio José, Mauricinho; Roberto Dinamite e Silvinho. Técnico: Eduardo Antunes Coimbra.

O amistoso, inclusive, foi o sexto de uma série de 15 jogos interestaduais - e até internacionais - que o Vasco fez em meio à demanda do seu calendário naquele ano. Três dias depois, o Gigante da Colina desembarcou em Patos, também na Paraíba, para enfrentar o Esporte. Vitória de 3 a 1 do Cruz-Maltino, com nova atuação de gala de Roberto Dinamite, que marcou duas vezes. Silvinho foi o outro vascaíno a balançar as redes, enquanto Alcione descontou para o time paraibano.

 

Foto: Acervo pessoal / Reudesman LopesJogadores do Atlético de Cajazeiras posam ao lado de Roberto Dinamite
Jogadores do Atlético de Cajazeiras posam ao lado de Roberto Dinamite

Fonte: Globoesporte.com