Lado bom: Tempo para corrigir erros

26/03/2006 às 13h43 - FUTEBOL

Autor de sete gols nesta temporada - quatro pelo Carioca e outros três pela Copa do Brasil - o atacante Valdiram espera usar esse período sem jogos para aprimorar, principalmente, as finalizações a gol.
- É hora de trabalhar os fundamentos, como chutes a gol e passes. Esse tempo será bom, também, para o time pegar entrosamento. Assim, poderemos fazer um bom papel na Copa do Brasil. A torcida sempre espera o melhor, e cada jogador só está aqui porque pode dar mais pelo Vasco - disse.

Valdiram, inclusive, sabe da importância que os vascaínos dão para a Copa do Brasil. Até o hoje, o time jamais alcançou a final da competição - no máximo foi às semifinais, em 1993, 94, 95 e 98.

- Temos dez dias para treinar. A Copa do Brasil, mais do que nunca, é a nossa prioridade. Até porque o Vasco nunca foi campeão - disse.

A ausência de Romário, que sumiu de São Januário há onze dias, é até hoje lamentada por Valdiram.

Mas o atacante, conhecido por ter a língua um pouquinho solta, evita se aprofundar no assunto.

- O Romário é um cara que faz falta, também pela experiência dele. Ele ajudava muitos os seus companheiros. Mas esse assunto cabe ser resolvido pela diretoria - disse.

Enquanto o Baixinho não dá as caras - se é que vai voltar a dar -, Valdiram está preocupado em melhorar seu entendimento com Edílson, que, em quatro partidas, ainda não fez gol com a camisa vascaína.

- O Edílson ficou quatro meses parado, e esse tempo será bom para ele melhorar o seu condicionamento físico. Mas é um grande jogador, e tem muito a dar ainda pelo Vasco - encerrou Valdiram.

Fonte: Lance