MP recomenda condições para o retorno do futebol carioca

15/06/2020 às 14h58 - FUTEBOL

O Ministério Público do Rio de Janeiro recomendou ao governo do estado, à prefeitura da cidade e à Ferj algumas condições para que o Campeonato Carioca seja retomado - um arbitral que será realizado nesta segunda-feira tenta aprovar o retorno já para o fim dessa semana. O MP-RJ pede que haja um "protocolo técnico-científico" que leve em consideração as fases da curva de contágio da pandemia do novo coronavírus.

Dados do painel da Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro informaram no domingo que o estado passou dos 7,6 mil mortos e se aproximou dos 80 mil casos confirmados de Covid-19.

- De acordo com as recomendações, o campeonato só deverá ser retomado quando houver um protocolo técnico-científico que leve em consideração as fases da curva de contágio da pandemia e garanta que a retomada dos jogos será precedida de valoração, prevenção e mitigação de risco para os atletas, suas famílias, demais profissionais contratados pelos clubes e envolvidos nos eventos, como profissionais de imprensa e agentes de segurança, e para a sociedade em geral, mesmo que as partidas ocorram sem público - diz um trecho do comunicado do MP-RJ.
 

Nas cartas de recomendação enviadas no domingo ao governador Wilson Witzel, ao prefeito Marcelo Crivella e ao presidente da Ferj Rubens Lopes, o Ministério Público explica que o protocolo deve ser elaborado por clubes e federação e aprovado pelas secretarias estadual e municipal de Saúde. O MP também destaca que um eventual retorno do campeonato "fatalmente incentivará a aglomeração de pessoas no entorno dos estádios e a quebra das regras de isolamento social e de prevenção à COVID-19".

Por fim, outra recomendação do Ministério Público é de que o Campeonato Carioca seja retomado sem a exclusão de qualquer clube da disputa. Caso o plano de retorno nesta quinta ou sexta seja confirmado, o Fluminense, que ainda aguarda o resultado dos testes feitos no elenco e sequer marcou uma data de reapresentação, corre o risco de ser eliminado por W.O.

- O MP-RJ também recomenda que seja preservado o caráter competitivo do evento e a legítima expectativa dos torcedores, com a presença de todos os clubes na competição, sem que ocorra a eliminação de quaisquer deles que justificadamente venham, com base nos riscos à saúde decorrentes da pandemia, a discordar das alterações no regulamento referentes à retomada do campeonato - conclui o comunicado.

Fonte: Globoesporte.com