Ramon Menezes revela conversa com Bruno César: "Depende dele"

14/05/2020 às 08h00 - FUTEBOL

Em meio a indefinições sobre o futuro do futebol, ao menos um jogador do Vasco tem motivo para comemorar durante a pandemia. Bruno César entrou em acordo com o clube, renovou até maio de 2022 e foi reintegrado ao elenco. Ele estava afastado desde o início do ano. E na volta aos gramados terá um importante aliado: Ramon Menezes.

Ex-auxiliar, o novo treinador do Vasco conhece bem e gosta das características de Bruno. Os dois, inclusive, conversaram por telefone nos últimos dias. Ramon gostou do que ouviu, aprovou a reintegração e jogou a bola para o meia. Está nas mãos dele recuperar o prestígio dentro do clube.

- Tive a oportunidade de conversar com ele, um papo muito bom. Falei para o Bruno que depende dele. Ele está tendo uma grande oportunidade de buscar o que se espera dele de fato, dentro do Vasco, e assumir a responsabilidade de fazer o que esperamos de um meia como ele. A história dele dentro do futebol o trouxe para o Vasco.

- Ele vai ter uma grande chance, talvez uma chance única, de vestir uma camisa de um grande clube do futebol mundial como o Vasco. Estou muito animado para que ele consiga desenvolver isso. Depende muito da cabeça dele - concluiu Ramon Menezes.

Ramon acredita que a questão física possa ter atrapalhado Bruno César no ano passado e crê que o meia tenha evoluído nesse aspecto. Apesar de afastado do elenco principal, Bruno vinha treinando separadamente no CT do Almirante nos primeiros meses do ano.

- Conversamos muito com ele, o José Moreira (vice de futebol) também falou. Hoje é difícil encontrar um jogador com a qualidade e características dele. Mas é preciso trabalhar. Eu vi o Bruno no início do ano em seu melhor momento físico, vi um Bruno mais fino.

- É isso que a gente espera dele nessa volta, com a cabeça boa. Ele entendendo que precisa trabalhar muito. Ele tem uma aceitação muito grande perante ao grupo. Eu joguei naquela posição, posso ajudá-lo também. Mas não depende do grupo e só de mim. Depende dele e da vontade dele entender que pode nos ajudar. E parece estar entendendo tudo isso. É jogador do Vasco. E do jeito que as coisas estavam, era um prejuízo muito grande para ele e para o clube.

Outros trechos

Por que Bruno não vingou?

Temos que entender o processo de adaptação, tem uma série de coisas. Ele chegou com uma responsabilidade muito grande e talvez não se encontrasse em seu melhor momento físico. Teve uma cobrança grande, e talvez isso tenha atrapalhado.

Bola parada

O Bruno também tem essa característica, bate muito bem na bola. Ele chuta muito bem de fora da área, tem ótima bola parada. Isso também pode nos ajudar muito.

Fonte: GloboEsporte.com