Rival: Coritiba terá desfalques para jogo contra o Vasco

14/09/2020 às 09h09 - FUTEBOL

O técnico Jorginho não vai contar com o atacante Igor Jesus e ainda pode perder o meia Giovanni para a partida do Coritiba contra o Vasco no domingo, no Couto Pereira, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Igor Jesus foi expulso aos 26 minutos do segundo tempo ao atingir o zagueiro Thiago Heleno em uma disputa aérea na derrota no clássico por 1 a 0. O jogador já tinha levado cartão amarelo ao também acertar o lateral Márcio Azevedo quando tentou proteger a bola.

- Eu não vi que ele quis agredir. Eu não consigo entender. O VAR avisou e, em nenhum momento, o árbitro foi lá para ver. Está muito chato. O VAR sempre decidindo o jogo e sou contra e não gosto - afirmou o treinador em entrevista coletiva.

Já Giovanni entrou no intervalo do Atletiba e sentiu um desconforto na coxa logo depois da expulsão do companheiro. Mesmo assim, o comandante coxa-branca o manteve em campo e usou as duas substituições que ainda tinha para outros jogadores.

O camisa 10 do Coxa será avaliado nesta segunda-feira para ver a gravidade. A lesão foi informada pelo próprio treinador em entrevista coletiva. Vale lembrar que o jogador retornou na semana passada após dez meses de recuperação de uma lesão no tendão.

Com oito pontos e no Z-4, o Coritiba volta a campo contra o Vasco somente no domingo, às 16h, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Couto Pereira.

-----

Após polêmica, diretoria decide que Sassá está fora do Coritiba

Depois de apurar que o atacante Sassá realmente esteve em uma festa após a derrota do Coritiba para o Athletico, no sábado, por 1 a 0, a diretoria já comunicou o jogador que ele não vestirá mais a camisa do clube.

Neste domingo, fotos de Sassá em um aniversário, sem máscara e com aglomeração, repercutiram na internet. Até por isso, segundo o presidente Samir Namur, o clube tem todo respaldo jurídico para rescindir o contrato com o atacante.

- É possível sim e foi o que aconteceu. Já comunicamos o atleta hoje, com todo o amparo jurídico, por conta da aglomeração e da pandemia, disse o dirigente.

O Coritiba segue os protocolos de segurança para a pandemia de coronavírus determinados pela CBF. A cidade de Curitiba tem atualmente 37.056 mil casos de Covid-19, com 1,1 mil mortes, e está na "bandeira laranja", considerado de risco médio, mas com medidas restritivas de fechamento de bares e horários para o comércio. As medidas entraram em vigor no dia 7 de setembro e terão validade de 14 dias.

Sassá foi uma das principais contratações do Coritiba para essa temporada. O jogador veio por empréstimo do Cruzeiro até o final do Campeonato Brasileiro. Porém, já tinha perdido espaço com Eduardo Barroca por questões extracampo. Foram 18 jogos e apenas 4 gols marcados pelo Coxa.

Fonte: ge