Rossi festeja vitória e pede casa cheia no próximo sábado

03/10/2019 às 09h19 - CLUBE

Com um futebol ofensivo, ao seu melhor estilo, o Vasco da Gama conquistou um expressivo resultado na noite da última quarta-feira (02/10). Jogando na Arena Independência, em Belo Horizonte, o Cruzmaltino bateu o Atlético Mineiro por 2 a 1 e subiu mais um degrau na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. A equipe de São Januário ocupa a 13ª posição e fecha no momento o gurpo de classificados para a Conmebol Sul-Americana 2020.

O grande personagem do Gigante da Colina na partida foi o atacante Rossi. O camisa 7 saiu do banco de reservas para ter papel decisivo no sétimo triunfo vascaíno na principal competição nacional. Além de marcar de pênalti o gol do empate, o veloz e habilidoso paraense deu assistência para o outro tento, marcado pelo volante Marcos Júnior, no apagar das luzes, quando todos acreditavam que o duelo terminaria empatado.

-  Feliz demais pela vitória. A verdade é que eu mereci ficar no banco, pois não vinha jogando bem. Depois da minha cirurgia de apendicite, acabei caindo bastante de rendimento e isso fez o professor me colocar na reserva. Fiquei tranquilo e me mantive concentrado, queria ajudar se tivesse uma oportunidade. Acabei entrando, fazendo gol e dando uma assistência para o Marcos Júnior. Fiquei muito feliz pelo gol dele também - afirmou o camisa 7.

Vencer o Atlético Mineiro jogando dentro da Arena Independência não é uma missão fácil, e até mesmo por isso Rossi fez questão de valorizar o empenho do grupo ao longo dos 90 minutos. Ao ser questionado sobre a importância do resultado positivo, o atacante afirmou que o mesmo pode marcar o início de uma nova história para o Vasco da Gama dentro do Campeonato Brasileiro.

- Pode ser um divisor de águas sim. Uma vitória fora de casa diante de um clube da grandeza do Atlético é sempre importante. Serve para trazer ainda mais moral para a nossa equipe na sequência da competição. Iremos enfrentar agora o Santos, que é mais uma grande equipe. O jogo será dentro da nossa casa e contamos com o apoio do torcedor.  Queremos sair da confusão e começar a olhar coisas grandes - declarou Rossi, acrescentando depois.


- O Santos vem fazendo um grande campeonato. Eles têm o Sampaoli, mas nós também temos um grande treinador, que é o Vanderlei. Os títulos dele falam por si só. Ele vai armar nosso time e tenho certeza que faremos uma boa partida. Será um grande duelo e esperamos sair com o resultado positivo. Esperamos que a torcida lote o Caldeirão. Vamos procurar fazer um grande jogo para somar mais pontos na tabela - finalizou o paraense.

Fonte: Site Oficial do Vasco