Clube

Torcedor sepultado sob hino nunca foi a jogo e 'fazia dívida' após derrotas

O amor de Seu Honorato Gomes pelo Vasco venceu obstáculos e durou até o último ato. As imagens do enterro do torcedor cruz-maltino, inclusive, ganharam as redes sociais e rendeu uma homenagem do clube, que ele nunca teve oportunidade de ver da arquibancada. Como a distância nunca foi problema nesta relação, pode-se dizer que ele estará na torcida para que o time comandado por Jorginho possa vencer o Cruzeiro nesta noite, no Mineirão, e dar mais um passo para se aproximar do acesso à Série A do Campeonato Brasileiro.

Os cariocas, com 48 pontos, iniciaram a rodada na quarta posição, e buscam aumentar a distância para o quinto colocado Londrina. Já os mineiros, que lideram a competição com 65 pontos, podem garantir vaga na elite do futebol, em caso de vitória.

A paixão de Seu Honorato pelo clube começou por causa da família. Filho de portugueses que vieram para o Brasil e desembarcaram na Ilha de Marajó, no Pará, ele se identificou com o clube, um "traço de união Brasil-Portugal".

No decorrer da década de 70, ele foi para Humaitá, no Amazonas, onde o destino lhe fez conhecer Dona Otilia, uma ferrenha torcedora do Flamengo, rival do Vasco, e uma das responsáveis por nenhum dos nove filhos carregar no DNA o gosto pelo clube de São Januário.

Entre os corações rubro-negros, botafoguenses, palmeirenses e corintianos, porém, sempre houve uma torcida para que o Vasco pudesse ir bem. As vitórias, além do humor do "Couro Velho", como ele era conhecido, também faziam bem ao bolso. A cada resultado negativo, ele queimava uma peça do clube, como camisa ou bandeira, mas, no dia seguinte, ia a uma loja de artigos esportivos da cidade e comprava uma nova, muitas vezes parcelado, segundo a família.

"Em dia de jogo do Vasco, ele sempre suspendia a bandeira em frente de casa. No jogo que o Vasco foi para a segunda divisão, no ano passado, ele ateou fogo na bandeira, chateado. Mas, no dia seguinte, já comprou outra bandeira. Ele sempre assistia aos jogos, tudo do Vasco", conta o filho Risonilson Gomes.

Apesar do amor pelo Vasco, Seu Honorato nunca teve a oportunidade de ver um jogo do time ao vivo ou ir a São Januário devido aos custos necessários para isso. Assim, o rádio se tornou um companheiro inseparável.

Além da paixão pelo clube da Colina, ele também ficou conhecido na região pelas brincadeiras com os moradores.

"Quando ele via qualquer pessoa durante o dia que não estivesse no trabalho, falava: 'malandragem, eu só quero viver minha vida!' (risos)", recorda a neta Brenda Gomes.

Aos 74 anos Seu Honorato acabou falecendo, vítima de um câncer no pâncreas. Como não poderia deixar de ser, ele foi enterrado enrolado na bandeira e sob o hino do Vasco, um último pedido. A as imagens, feitas por Rone Gomes, viralizaram após publicação do jornalista João Pedro Godoy nas redes sociais e chegaram ao clube.

O Cruz-Maltino homenageou o "Couro Velho" no minuto de silêncio antes do jogo contra o Náutico, em São Januário, local em que ele nunca pôde estar presente ainda em vida. Nas redes sociais oficiais, foi citado como "torcedor ilustre".

Vasco oscila na Série B

Em campo, o time de Jorginho tenta engrenar para carimbar vaga no G4 nesta reta final da competição. Recém-contrato, o treinador retornou a São Januário para ocupar cargo que estava vago desde o fim de julho, com a demissão de Maurício Souza, e vinha sendo ocupado interinamente por Emílio Faro.

A mudança na comissão técnica aconteceu em meio a uma queda de rendimento e quando a posição na zona de classificação à elite do Brasileiro ficou em xeque. A estreia do comandante foi com derrota para o Grêmio, em Porto Alegre, mas na última sexta-feira a equipe bateu o Náutico, na Colina. Os jogos fora de casa, inclusive, têm sido uma pedra no sapato para o Cruz-Maltino nesta campanha.

"Sabemos que também tem o Sport e outras equipes se aproximando, como a Ponte Preta. A gente precisa estar concentrado, atento. É uma semana fundamental. O Cruzeiro é favorito, mas aqui é Vasco. Acredito nos meus jogadores. Contra o Grêmio, o time foi compacto, nossa transição melhorou bastante. Eu tenho cobrado dos mais jovens o quanto é importante...não dá para cobrar para o Nenê voltar. Eu falo com o Marlon, com o Yuri. É uma semana importante para a gente. Vamos nos concentrar no Cruzeiro, mas o jogo seguinte é fundamental. Espero que a gente tenha um final de campeonato mais tranquilo, mas sabemos como vai ser difícil", disse, após o triunfo sobre o Timbu.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO x VASCO

Competição: 31ª rodada da Série B
Data: 21 de setembro de 2022 (quarta-feira)
Local e horário: Mineirão, em Belo Horizonte (MG), às 21h15 (de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (FIFA/ SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (VAR-FIFA/ SP)

CRUZEIRO: Rafael Cabral; Zé Ivaldo, Oliveira e Eduardo Brock; Geovane (Wesley Gasolina), Filipe Machado, Neto Moura e Matheus Bidu; Jajá (Luvannor), Bruno Rodrigues e Edu. Técnico: Paulo Pezzolano.

VASCO: Thiago Rodrigues, Leo Matos, Danilo Boza, Anderson Conceição, Paulo Victor, Yuri Lara, Andrey Santos, Nenê, Marlon Gomes, Eguinaldo e Raniel. Técnico: Jorginho

Fonte: UOL Esporte
  • Quinta-feira, 29/09/2022 às 21h30
    Vasco Vasco 1
    Londrina Londrina 1
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário
  • Terça-feira, 04/10/2022 às 19h00
    Vasco Vasco
    Operário Operário
    Campeonato Brasileiro - Série B Estádio Germano Krüger
  • Sábado, 08/10/2022 às 18h30
    Vasco Vasco
    Grêmio Novorizontino Grêmio Novorizontino
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário
  • Domingo, 16/10/2022 às 16h00
    Vasco Vasco
    Sport Sport
    Campeonato Brasileiro - Série B Ilha do Retiro
  • Quinta-feira, 20/10/2022 às 21h30
    Vasco Vasco
    Criciúma Criciúma
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário
  • Quinta-feira, 27/10/2022 às 20h00
    Vasco Vasco
    Sampaio Corrêa Sampaio Corrêa
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário
  • Domingo, 06/11/2022 às 18h30
    Vasco Vasco
    Ituano Ituano
    Campeonato Brasileiro - Série B Estádio Municipal Doutor Novelli Junior