Torcidas de Vasco e Flamengo participam de reunião do Jecrim

17/07/2006 às 22h49 - TORCIDA

Nesta segunda-feira (17/07) no Maracanã, o Dr.Murilo Kieling, Juiz do JECRIM, promoveu uma reunião com os órgãos públicos envolvidos nos jogos da decisão da Copa do Brasil, chefes de torcidas organizadas e representantes dos clubes. Pelo lado do Vasco, estiveram presentes o Assessor da Presidência Ricardo Vasconcelos e membros da torcida Ira Jovem. O Flamengo não enviou nenhum dirigente, além dos integrantes de duas organizadas.

Confira as deliberações transcritas da ata da reunião:

1 - Comportamento das torcidas organizadas no ingresso ao estádio

· As torcidas organizadas serão escoltadas pelo policiamento, dos respectivos pontos de concentração até as dependências do estádio Mario Filho, evitando concentrações nas adjacências do estádio, e viabilizando o ingresso com bastante antecedência ao início da partida;
· As torcidas organizadas serão distribuídas nas áreas já costumeiras (setor verde), observando que haverá controle pelo policiamento, com a participação dos líderes, de modo a evitar que os espaços fiquem desproporcionalmente ocupados;
· As torcidas organizadas indicarão os nomes dos responsáveis pelos sinalizadores, ficando limitado a cinco unidades por torcida organizada;
· Ficam proibidos quaisquer outros luminosos ou fogos de artifício, ou bombas;
· Os líderes das torcidas organizadas assumem o compromisso de orientar os integrantes de suas respectivas torcidas que não dispõem de ingressos no sentido de não comparecerem ao estádio
· Fica estabelecido que ordem de saída do estádio será determinada pelo resultado do jogo. Observando que a entidade de prática desportiva vencedora aguardará a saída dos torcedores da agremiação adversária. No caso de empate, sairão primeiro os torcedores vascaínos, com o único propósito de facilitar a escolta;
· Os líderes das torcidas organizadas assumem o compromisso de notificar ao comandante do GEPE/PMERJ os respectivos pontos de concentração e destinos após o término do evento.

2 - Das providências dos órgãos públicos

· A SUDERJ promoverá os atos necessários para o bom funcionamento de todas as roletas, com especial reforço da segurança pelo policiamento externo, de modo a evitar o ingresso de torcedores sem bilhetes, e controlar os mesmos;
· O GEPE/PMERJ irá promover maior efetividade na revista dos torcedores nas rampas de acesso, com a colaboração das torcidas organizadas.

Fonte: Site oficial do Vasco