Vasco mantém vantagem sobre o Flamengo em números de sócios mesmo sem jogos

31/05/2020 às 08h01 - CLUBE

O Vasco comemora a renovação ou nova adesão de mais de 40 mil sócios-torcedores desde o começo de maio, uma campanha que o clube promove para manter a base do programa alcançada no fim do ano passado, quando o Cruz-maltino se tornou o dono do maior número de sócios-torcedores do futebol brasileiro.

Na ocasião, tomou o primeiro lugar justamente do maior rival, o Flamengo. De lá para cá, o time rubro-negro manteve a fase vitoriosa, emplacou dois títulos logo no começo da temporada, a Recopa Sul-Americana e a Supercopa do Brasil, enquanto a equipe da Colina vive um dos piores inícios de ano de sua história, em campo e fora dele.

Ainda assim, e em meio à interrupção do futebol brasileiro por causa da pandemia do novo coronavírus, a distância entre os programas de sócios-torcedores dos dois clubes aumentou consideravelmente.

Até a noite de sábado, os contadores presentes nos sites dos programas de Vasco e Flamengo mostravam cerca de 175 mil sócios para o Cruz-maltino, enquanto que o Rubro-negro caiu para pouco menos de 100 mil sócios. Para ambos os clubes, a associação representa uma receita significativa. Especialmente em tempos de pandemia, quando receitas de TV, premiações e bilheterias estão com as torneiras fechadas.

No balanço financeiro de 2019, o Vasco informou que a receita proveniente do programa de sócios-torcedores foi de R$ 36 milhões. No caso da demonstração do Flamengo, o clube soma a receita do sócio-torcedor e a da bilheteria na mesma rubrica, "operação de jogos".

Confira a evolução do número de sócios-torcedores de Vasco e Flamengo desde que o clube de São Januário ultrapassou o arquirrival:

Clube    3/12/2019       30/5/2020

Vasco 140 mil sócios    175 mil sócios

Flamengo 139,7 mil sócios  99,6 mil sócios

Fonte: Extra Online